Programa escola sem bullying®

CONHEÇA O MELHOR
PROGRAMA BILÍNGUE
DE PREVENÇÃO AO
BULLYING DO BRASIL!

O Programa Escola Sem Bullying® foi desenvolvido em 2012 pela Abrace – Programas Preventivos® para auxiliar escolas e redes de ensino de todo o Brasil no combate e prevenção ao bullying escolar. O resultado da dedicação a este tema deu à Abrace, em 2017, o reconhecimento pela UNESCO como instituição referência no combate e prevenção ao bullying no país, além do Prêmio ODS Pacto Global, em 2019.

A metodologia do Escola Sem Bullying® é baseado em pesquisas e comprovada pela sua eficácia na redução dos índices de bullying e melhoria da qualidade do ambiente escolar.

Oferecemos todos os recursos e soluções necessárias para o cumprimento da Lei 13.185/2015 – Lei de Combate à Intimidação Sistemática (bullying) nas instituições de ensino. 

O Programa ainda disponibiliza a implementação de todo o seu sistema preventivo em formato bilíngue, português e inglês.

o programa

Escola Sem Bullying®

Escola Sem Bullying® é um programa de ação interdisciplinar que prepara escolas e instituições por meio da disponibilização de recursos teórico-metodológicos para combater e prevenir o bullying escolar. Sua metodologia foi desenvolvida especialmente para as escolas brasileiras.

Para combater o bullying escolar, o programa conta com diversas ferramentas e ações exclusivas, desenvolvidas e oferecidas com suporte integral às escolas e redes de ensino. Elas são específicas e precisas para a prevenção da dinâmica do bullying, fazendo com que a violência deixe de ser uma rotina na vida de estudantes, pais e educadores.

Como combater

o bullying na escola?

Para combater o bullying escolar é preciso envolver e atuar em diferentes níveis e áreas. O Programa Escola Sem Bullying® engloba diversos tipos de ações que foram estruturadas especialmente para alcançar cada um destes grupos: escola, sala de aula, alunos, pais e responsáveis, incluindo também a comunidade no combate e prevenção deste tipo de intimidação.

A Abrace – Programas Preventivos projetou o Escola Sem Bullying® para criar mudanças positivas no ambiente escolar, propiciando aos estudantes um convívio ético, seguro e saudável para que desenvolvam suas potencialidades e atinjam seus objetivos. Para isso, apoiam-se em um ciclo de mudanças que conta com a colaboração de todos.

Envolvimento da
comunidade em torno
do tema multiplicando 
o sistema preventivo.

Preparação de todo o
ambiente escolar para a
aplicação de métodos
preventivos contra o bullying.

Envolvimento de todos os
alunos por meio da leitura dos
livros paradidáticos
exclusivos, atividades e
palestras.

Atendimentos individuais e
intervenções para agressores,
agredidos e espectadores.

Palestras e materiais de
auxílio em procedimentos e
casos de bullying.

Como prevenir

o bullying escolar?

Todos os educadores, pais, funcionários e alunos têm um papel muito importante para o sucesso da prevenção ao bullying, e a educação é a principal ferramenta de enfrentamento e prevenção deste tipo de problema social. Por esse motivo, trabalhamos com um sistema preventivo que possui uma metodologia completa para a transformação do ambiente escolar, aplicada por meio da implementação do Programa Escola Sem Bullying®, que combate e previne o bullying em diferentes frentes.

O suporte dado às escolas e redes de ensino é integral e envolve pesquisas para medição do índice de bullying escolar, cursos de capacitação para gestores e docentes, palestras para pais e alunos, planos de aula, livros paradidáticos exclusivos, auxílio na criação de políticas pedagógicas de prevenção, disponibilização de aplicativo para combater o cyberbullying e apoio na intervenção e mediação de casos de intimidação.

BENEFÍCIOS DO PROGRAMA

ESCOLA SEM BULLYING®

1

Escola Sem Bullying® é um programa que abrange e envolve todos os segmentos vinculados ao ambiente escolar;

2

O programa está em total consonância com as Leis 13.185/2015 de combate ao bullying e Lei 13.663/2018 (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional);

3

Dispõe de especialistas em prevenção ao bullying para capacitar e preparar equipes adequadamente para lidar com todas as situações de bullying, focando sempre na resolução do problema;

4

Promove encontro com pais, familiares e responsáveis a fim de conscientizar e orientar a respeito do tema;

5

Auxilia escolas e instituições no desenvolvimento de políticas pedagógicas de prevenção ao bullying;

6

Orienta o encaminhamento interno de possíveis casos de bullying;

7

Trabalha com o tema bullying por meio de livros paradidáticos interativos produzidos a partir de estudos e feitos exclusivamente para a aplicação do Programa;

8

Metodologia completa disponibilizada em dois idiomas: inglês e português;

9

Disponibiliza recursos práticos baseado em evidências para o enfrentamento do problema;

10

Trabalha com as melhores e mais conceituadas ferramentas sobre o assunto em âmbito internacional;

11

Oferece materiais exclusivos sobre o tema, desenvolvidos especialmente para o perfil das escolas brasileiras, com planos e roteiros de prática aplicação;

12

Desenvolve panoramas para índices de bullying na instituição por meio de levantamento de dados e relatórios para direcionamento e aplicação de estratégias eficazes;

13

Envolve todos os alunos e educadores em prol da conscientização a respeito do bullying, transformando positivamente o clima escolar;

14

O Programa atende todos os segmentos: Educação infantil, Fundamental I, Fundamental II e Ensino Médio;

15

Ajuda na elaboração de práticas e condutas positivas de prevenção ao bullying escolar;

16

Fornece materiais e conteúdos de campanhas voltados para um conjunto de valores como respeito e empatia mudança de comportamento.

COMPONENTES DO PROGRAMA

ESCOLA SEM BULLYING®

Metodologia completa disponível em português ou inglês.

Ferramentas e estratégias interventivas para auxiliar a comunicação entre estudantes e educadores. 

Treinamentos e capacitações presenciais para todos os colaboradores.

Consultorias e acompanhamento em todas as etapas do Programa junto à equipe gestora.

Livros paradidáticos interativos bilíngues desenvolvidos a partir de estudos sobre o tema.

Ambiente virtual com documentos e materiais para todas as etapas do Programa.

Planos de aula: inserção da temática bullying no currículo escolar conforme a BNCC.

Encontro e apoio a pais e educadores como componente fundamental do sistema preventivo. 

Mapeamento e análise de dados para aplicação de métodos preventivos.

Certificação nacional e internacional Escola Sem Bullying.

LIVROS PARADIDÁTICOS DO

PROGRAMA ESCOLA SEM BULLYING®

Acreditamos que o conhecimento deve ser inclusivo e que aprender se divertindo deixa a tarefa muito melhor. É por esse motivo que apresentamos uma coleção de livros paradidáticos do Programa Escola Sem Bullying®, que foram desenvolvidos exclusivamente para a aplicação de sua metodologia e pensados especialmente para abordar o tema bullying e o que envolve a sua dinâmica em cada ano e segmento. Eles foram pensados especialmente para abordar o tema bullying e o que envolve a sua dinâmica em cada ano e segmento.

As obras foram produzidas pela Editora Abrace e são baseadas em estudos científicos a respeito do assunto, inseridos em contextos coerentes, educativos e apropriados para cada idade. Os materiais são interativos e destinados à Educação Infantil até a 3ª série do Ensino Médio, segmentos em que o Programa atende.

Ed. Infantil
1º ano – F1
4º ano – F1
2º ano – F1
3º ano – F1
5º ano – F1
6º ano – F2
7º ano – F2
8º ano – F2
9º ano – F2
1ª e 2ª série – Ensino Médio
3ª série – Ensino Médio

EDUCAÇÃO E PREVENÇÃO

TRANSFORMANDO VIDAS!

 

TODOS JUNTOS POR UMA

ESCOLA SEM BULLYING!

O QUE É BULLYING?

Segundo Dan Olweus, bullying é um conjunto de comportamentos agressivos, intencionais e repetitivos, adotados por um mais alunos contra outro, dentro de uma relação desigual de poder ou força física.”

O bullying ocorre sem motivação evidente, causando dor, angústia, sofrimentos, insegurança e desequilíbrio psicológico, com graves repercussões para a saúde mental e para o desenvolvimento biopsicossocial dos envolvidos.

Quais são os tipos de bullying?

Prática do bullying

nas escolas do Brasil

Segundo dados do Instituto de Pesquisa (Ipsos) em 2018, o Brasil está em segundo lugar no mundo em casos de bullying na Internet contra crianças e adolescentes. Pesquisas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) apontam que em média 30% dos alunos se envolvem em casos de bullying, sendo um em cada cinco, agressores. Além disso, dois em cada dez estudantes brasileiros de 13 a 15 anos admitem praticar bullying com os colegas.

A prática do bullying jamais pode ser confundida como parte do processo de crescimento do ser humano, pois, diariamente, aumentam as estatísticas de consequências graves decorridas desta dinâmica.

Existem consequências para

quem se envolve com o bullying?

A escola é o local 
com o maior índice de ocorrências, por isso é papel de educadores e gestores de ensino se engajarem na luta contra o bullying.

Ao contrário do que muitos pensam, existem consequências para todos os que se envolvem na dinâmica do bullying: agressores, vítimas e também espectadores. Segundo Olweus, praticantes de bullying podem desenvolver comportamentos criminosos. Pesquisas mostraram que:

60% dos estudantes (sexo masculino) que praticam bullying entre 6° e 9° anos, cometeram pelo menos um crime até a idade de 24 anos, comparados a 23% dos que não praticam bullying;

 

Quase 40% desses alunos agressores foram acusados de três ou mais crimes até os 24 anos de idade, comparados a 10% daqueles que não praticaram bullying.

“Vítimas de bullying são mais propensas a desenvolver depressão ou pensamentos suicidas ao longo de sua vida”, o que demonstra os efeitos de bullying em médio e longo prazos.

Os espectadores também podem sofrer por se sentirem intimidados, apresentando um baixo rendimento escolar e, até mesmo, isolamento, pois a imagem está vinculada ao colega que sofre com violência.
O estudante pode demonstrar ainda sentimentos de culpa, insegurança ou desesperança, por não saber como lidar com situações presenciadas.

LEIS FEDERAIS

SOBRE BULLYING

A importância da discussão sobre o bullying chegou à arena política e foi base para o desenvolvimento de leis que olham diretamente para esta forma de violência.

Lei 13.185/2015

Combate à intimidação

sistemática (bullying)

Prevenir e combater o bullying, propondo que escolas de todo o país adotem medidas educativas, conscientizando alunos sobre o tema e preparando docentes e equipes pedagógicas para a solução dos casos.

Lei 13.227/2016

dia nacional de

combate ao bullying

A Lei sancionada pelo Plenário do Senado no dia 7 de abril de 2016 tem por finalidade combater o bullying e a violência dentro das escolas brasileiras, além de estimular campanhas relacionadas à temática.

Lei 13.663/2018
Alteração na Lei de diretrizes e bases da educação nacional
A Lei acrescenta ao artigo 12 da Lei nº 9.392 (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional) dois incisos determinando que “todos os estabelecimentos de ensino terão como incumbência promover medidas de conscientização, prevenção e combate a todos os tipos de violência”.

Cyberbullying,

um perigo real

De acordo com pesquisas, há uma estimativa de que o país tenha atualmente mais de 236 milhões de smartphones em uso. Ocupamos o 4º lugar no ranking global de acesso à internet e o 3° lugar no ranking latino-americano.

Dados apontam que aproximadamente 58% dos estudantes alegam ter sido xingados ou insultados ao menos uma vez enquanto estavam navegando. Esse cenário mostra ser ainda mais necessário dar atenção ao cyberbullying e às consequências que ele traz ao mundo real.

O que é Cyberbullying?

O cyberbullying é o bullying na Internet ou por meios digitais que podem acontecer através de mídias sociais, plataformas de mensagens, plataformas de jogos e telefones celulares, computadores e outros aparelhos eletrônicos. Ele tem intenção de ferir, humilhar, causar dor e constrangimento.

INTERNET SEGURA

PARA ALUNOS,

PAIS E RESPONSÁVEIS

Mais do que prevenir e combater o cyberbullying, é preciso ensinar crianças e adolescentes a respeito da Internet. Por este motivo, disponibilizamos as cartilhas de prevenção ao cyberbullying do Escola Sem Bullying®, que oferecem orientações para a educação digital, além de alternativas para a construção de um ambiente virtual mais seguro e saudável para todos.

Fique por dentro das novidades do Programa Escola Sem Bullying®

Quer saber mais sobre combate e prevenção ao bullying? Acesse o blog e confira nossos conteúdos!

[abrace_blog]

LEVE O PROGRAMA

ESCOLA SEM BULLYING

PARA A SUA ESCOLA!

 

Preencha o formulário abaixo.

© Copyright Abrace – Programas Preventivos. Todos os direitos reservados.

Gostaria de falar conosco
Entre em contato!

Faça o download das cartilhas
sobre cyberbullying!